10 de jun de 2008

NEGOCIO DA CHINA

Apertem os cintos. Afinal, os muito ricos têm jatinho, mercedez com motorista e outros que tais. O meu mercedez com motorista é o o busão mesmo. E jatinho? Ai, ai, ai. Fico nas madrugadas esperando as promoções da aviação. Mas tem gente que compra companhia aérea sem ter um tostão furado. Melhor: vence oferecendo o preço mais... BAIXO. Isto mesmo. Mais baixo. Pois foi o que aconteceu com a venda da Varig. A Tam tentou comprar e não levou, oferecendo coisa ali por volta 700 milhoes. Juntaram-se três gatos pingados, ofereceram 350 milhões e levaram. Melhor de tudo: as dívidas que a Varig tinha não vieram junto, não. Foram assumidas pelo governo. Governo quer dizer que quem vai pagar a conta somos eu, tu, nós. Ou seja: eles (que eram testas de ferro para grupos estrangeiros) ficam com os lucros. Isto, porque são amigos do Rei. Quer dizer, no caso, da Rainha. Nós, povo brasileiro, assumimos o preju. E ainda temos que penar na bagunça dos aeroportos, que a ANAC, até agora, não conseguiu resolver. ANAC? CANA pra todos eles! Daqui pra frente, Negócio da China acabou. É negócio do Brasil mesmo!