11 de jan de 2008

ADORO LUDOPÉDIO

Ok, ôpa! Quero dizer, tudo bem. A lei já está aí, falta passar pelo senado. Proíbe o uso de estrangeirismos no português, para preservar a cultura brasileira. Claro que a língua é a expressão de um povo. Mas alguém pode me explicar por que este mesmo povo não pode se apropriar de expressões de outros povos? Quero ver quem vai convencer a torcida do Flamengo a abandonar o futebol que é, obviamente, um estrangeirismo e adotar o ludopédio. Está certo que cobrir as vitrines com “sale” e off é um pouco demais e, afinal, pagamos em míseros reais e não em dólares. Talvez as compras fiquem mais chiques, ops, mais glamurosas, ops, também não pode ser... Uma vantagem: o caos aéreo diminuirá, já que não vamos mais fazer check in. Agora, e o meu drink? Meu club soda? É phoda.