9 de jan de 2008

MENOS COM MAIS

Com o fim da CPMF, ora, quem diria, iremos pagar MAIS e receber MENOS! Deu para entender a mágica? Não? Que tal ler um pouco de Kafka? Ocorre o seguinte: como não tem CPMF, o governo já disse que vai fazer um monte de cortes em todas as áreas. Ah, ia esquecendo, é verdade que a CPMF foi feita só para por ordem na bagunça da saúde, mas... Era usada para tapar tudo quanto era buraco (menos os das estradas...). Bom, feitos os cortes... O governo ficou feliz? Que nada! Aumentou o IOF, que é o imposto de operações financeiras, aquele que é cobrado cada vez que o fulano parcela a compra de seus móveis, refrigerador e fogão, dentre outros “supérfluos” em trocentas vezes. Numa simulação, as parcelas vão ficar mais caras sem a CPMF do que com CPMF. Ou seja, a gente era feliz e não sabia.

PS: E o ministro Mantega, no dia 4, disse que nenhum imposto seria aumentado. Acho que o nariz dele cresceu um pouquinho mais.